O papel da bicicleta para uma mobilidade sustentável

A bicicleta é um meio de transporte amigo do ambiente que é cada vez mais utilizado a nível mundial. Um exemplo deste fenómeno é a capital da Dinamarca, Copenhaga, que tem vindo a usufruir de investimentos no valor de 134 milhões de euros, nos últimos 10 anos, em infra-estruturas apropriadas para a bicicleta, tais como ciclovias e pontes de acesso exclusivo a ciclistas e pedestres. Esta iniciativa tem incentivado, ao longo dos anos, cada vez mais pessoas a utilizarem a bicicleta na deslocação casa-emprego.
A mobilidade sustentável é importante a vários níveis, não só para a mobilidade urbana em geral, mas também para a logística empresarial.
A nível de mobilidade urbana, as principais questões que preocupam os cidadãos são problemas ligados aos veículos motorizados como por exemplo o trânsito intenso, o ruído e a qualidade do ar. Uma das soluções possíveis para combater o congestionamento de automóveis nas estradas, é a utilização de um veículo de duas rodas bastante conhecido... a bicicleta.
O uso deste meio de transporte alternativo, levará à diminuição do número de veículos a circular, permitindo que haja um descongestionamento das vias portuguesas. Haverá, também, um impacto positivo na qualidade do ar e na diminuição da poluição sonora do local. Concluindo, quanto mais bicicletas estiverem em circulação, menor será o trânsito quando se deslocar para o emprego.
A mobilidade sustentável é importante a vários níveis, não só para a mobilidade urbana em geral, mas também para a logística empresarial.

Uma mobilidade sustentável terá, também, um impacto directo no mundo empresarial, uma vez que para as empresas uma gestão optimizada das suas necessidades de deslocação aumenta a produtividade e o rendimento das mesmas.
Com a diminuição do número de veículos nas estradas, será possível planear uma logística mais eficiente, que permitirá às empresas realizar essa gestão referida anteriormente. O aumento da produtividade traz vantagens claras não só para as empresas, mas, também, para a economia portuguesa, que é algo que nos interessa a todos. Ou seja, mais bicicletas e menos veículos levam a um aumento de produtividade em Portugal.
Seja a bicicleta uma boa maneira de aproveitar o fim-de-semana, ou um bom veículo para se deslocar para o emprego, podemos concordar que o velocípede desempenha um papel fundamental não só para a melhoria do meio ambiente em que vivemos, mas também para o aumento da produtividade das empresas, tornando Portugal num país mais competitivo a nível económico e com melhor qualidade de vida.

Núcleo de Bicicleta - AAUAv
Festival Carmina Festana este sábado, 4 de Agosto, no GrETUA
Festival Carmina Festana este sábado, 4 de Agosto, no GrETUACom o Verão a chegar e a subir as temperaturas, aparece...
Candidatura a alojamento universitário para o ano letivo 2018/2019

Os estudantes (do 1º, 2º ciclo, mestrado integrado e TESP) da Universidade de Aveiro que pretendam candidatar-se ou recandidatar-se a alojamento universitário para o ano letivo de 2018/2019 têm de preencher o formulário de candidatura a alojamento a partir do dia 25 de junho.

Candidatura a bolsas de estudo para o ano letivo 2018/2019

Os estudantes (do 1º, 2º ciclo e mestrado integrado) da Universidade de Aveiro que pretendam candidatar-se ou recandidatar-se a bolsa de estudo, para o ano letivo de 2018/19, deverão fazê-lo no período de 25 de junho a 30 de setembro.

Sunset Hackathon 2018: criar produtos em 72 horas

A segunda edição do Sunset Hackathon vai decorrer no Cais Criativo da Costa Nova, em Ílhavo, entre 7 a 9 de setembro. Os participantes são convidados a desenvolver produtos num contexto de colaboração e ambiente informal.

footer_final-06
footer-07

univercidade@aauav.pt

Associação Académica da Universidade de Aveiro

Scroll Up