OPJovem2018

Orçamento Participativo Jovem Portugal

O Orçamento Participativo Jovem visa contribuir para uma melhor democracia através do reforço das formas de participação pública de jovens. Podem participar cidadãos nacionais e cidadãos estrangeiros a residir legalmente em Portugal.
A apresentação de propostas decorre entre 28 de maio e 29 de julho em opjovem.gov.pt ou nos serviços do Instituto Português do Desporto e Juventude.
A primeira fase do Orçamento Participativo Jovem Portugal iniciou-se no dia 28 de maio. A iniciativa, pioneira a nível mundial, desafia cidadãos entre os 14 e os 30 anos a apresentar e decidir projetos de investimento público, no valor total de 500 mil euros.
O Orçamento Participativo Jovem visa contribuir para uma melhor democracia através do reforço das formas de participação pública de jovens. Podem participar cidadãos nacionais e cidadãos estrangeiros a residir legalmente em Portugal.
As áreas temáticas nas quais se podem apresentar propostas são: Desporto inclusivo; Diálogo intergeracional; Inovação cultural e Sustentabilidade ambiental.
As propostas devem:
● beneficiar mais do que um município em todo o território nacional;

● ser tecnicamente exequíveis;

não configurar pedidos de apoio ou prestação de serviços;

não implicar a construção de infraestruturas;

não contrariar políticas públicas planeadas ou em curso;

não ultrapassar o montante de 100 mil euros.

A apresentação de propostas decorre entre 28 de maio e 29 de julho em opjovem.gov.pt ou nos serviços do Instituto Português do Desporto e Juventude. Durante esse período decorrem, em todo o território nacional, encontros nos quais é fomentado o debate entre jovens. Entre 1 de outubro e 16 de dezembro ocorre a votação das propostas via SMS ou através do site opjovem.gov.pt. Os resultados são conhecidos até ao dia 31 de dezembro.
Em 2017, com a implementação da primeira edição do Orçamento Participativo Jovem, Portugal tornou-se primeiro país, em todo o mundo, a implementar este processo no plano jovem em todo o território nacional. Foram submetidas mais de 4 centenas de propostas e votaram quase 10 mil cidadãos jovens o que demonstra que este processo constitui um relevante contributo para o aumento da literacia democrática e incrementa os processos deliberativos dos cidadãos jovens contribuindo para que estes sejam vistos como parte fundamental da sociedade, apoiando o aprofundamento das suas competências de cidadania.
Assinatura do Protocolo de Colaboração CMA/UA/AAUAv/ESN

Clica para ver o artigo completo!

ENDA Algarve 2018
ENDA Algarve 2018A Direção da Associação Académica da Universidade de Aveiro marcou presença no Encontro Nacional de Direções Associativas (ENDA),...
Auditório Renato Araújo recebe “QUIM ROSCAS E ZECA ESTACIONÂNCIO” em dia de declarações de Amor
Auditório Renato Araújo recebe “QUIM ROSCAS E ZECA ESTACIONÂNCIO” em dia de declarações de AmorEspetáculo de stand-up comedy decorre dia...
AAUAv presente em Viseu com Equipa de Formação

Clica no Link para ler o artigo completo!

footer_final-06
footer-07

univercidade@aauav.pt

Associação Académica da Universidade de Aveiro

Scroll Up