napoleao-bonaparte-foi-um-dos-principais-generais-participes-revolucao-francesa-tambem-imperador-franca-563d0feb91740

Terá sido assim que Napoleão perdeu a guerra?

por João Bacelar
Este ano, tal como nos passados, a questão de setembro volta à baila. De um lado, os que acreditam que a Universidade honrará a sua palavra e, em troca da famigerada época de setembro, “oferecerá” de bandeja a desejadíssima avaliação contínua. Doutro, os que acham que há aindas muitas promessas a cumprir e têm a certeza que jurar a avaliação contínua não é mais do que atirar areia para os olhos dos estudantes.
Todavia, este ano, há algo mais de interessante nesta desinteressante discussão. Há um órgão recém-criado que se chama “Conselho do IFIU” que senta à volta de uma mesa todos os Diretores de Curso. Estes parecem considerar que chegou a altura de mostrar quem é que manda aqui e preparam-se para, com ou sem o apoio dos alunos, fazer aprovar o calendário escolar que eles consideram ser o mais inteligentemente adaptado para promover o sucesso escolar e as conferências científicas nas Maldivas e na Nova Zelândia.
Decidir sobre opiniões (normalmente de uns poucos professores seniores) e não sobre factos é pouco académico. Promover avaliação contínua sem haver condições e vontade para a fazer é desonesto. Congeminar alterações deste tipo no calendário escolar (e quem sabe se admitir realizá-las por despacho), sem respeitar a vontade da maioria dos estudantes é, mais do que ter medo dos argumentos e das propostas destes, trocar o diálogo construtivo que se vinha mantendo nos últimos anos por uma declaração de guerra e um atestado de incompetência.
É claro que esta questão, mesmo entre os alunos, divide opiniões - também eu gostaria/preferia ter férias normais no verão - e talvez se venha a justificar uma espécie de referendo… Mas existem outras formas e outros calendários que, sem acabar com uma época de avaliação onde há mais de 4000 aprovações, o podem permitir. Agora dizerem-nos que em setembro vai ser varrido do calendário escolar, “porque sim” é, na minha opinião, tratarem-nos (quase) como crianças.
Made in DeCA ‘19

No dia 22 de maio (quarta-feira), pelas 21h30, realiza-se no Teatro Aveirense mais uma edição do Made in DeCA –…

Jornadas do Desporto | NEAP-AAUAv

Nos dias 22 e 23 de maio, o Núcleo de Estudantes de Administração Pública da Associação de Estudantes da Universidade…

1º BTT Urbano UA/Somamaratonas | Evento Solidário

A Universidade de Aveiro promove o 1º BTT Urbano UA/Somamaratonas – Evento Solidário, em parceria com o Somamaratonas – Clube…

Curso Inicial de Formação Pedagógica de Formadores

Clica para ler o artigo completo!

footer_final-06
footer-07

univercidade@aauav.pt

Associação Académica da Universidade de Aveiro

Cultura

Scroll Up